Grávida perde bébé depois ter sido vacinada contra a gripe A!

Categorias: Gripe A, Notícias em November 17, 2009

Uma mulher grávida de 34 semanas perdeu o bebé este sábado, três dias depois de ter sido vacinada contra o H1N1, dois factos que os familiares suspeitam que estejam ligados, mas que o hospital diz não ser possível relacionar. João Romacho, cunhado da mulher de 31 anos, natural de Alegrete, Portalegre, disse à Lusa que depois de na quarta-feira ter sido vacinada contra a gripe A (H1N1), a grávida começou a queixar-se de dores no corpo e mal-estar geral, estranhando que o bebé ora se mexesse mais do que o normal, ora não se mexesse. A mulher acabaria por recorrer ao Hospital de Portalegre por volta do meio-dia de sábado, onde ficou a saber que o coração do feto tinha parado. O Hospital de Portalegre confirmou esta noite, em comunicado, que a grávida foi atendida no sábado nos serviços por «diminuição dos movimentos fetais», tendo ficado internada por suspeita de morte fetal, «embora se encontrasse clinicamente bem».
O Hospital de Portalegre já tem dados que permitem indicar a causa da morte de um feto de 34 semanas – um bebé perdido por uma grávida, este fim de semana, que tinha sido vacinada poucos dias antes contra a gripe A.

Em declarações à TSF, Paula Pinheiro, directora clínica do Hospital de Portalegre, revelou que «o exame realizado ao feto mostra que a morte ocorreu 18 a 24 horas antes da extracção devido a alterações na circulação sanguínea». No entanto, a responsável sublinhou que se desconhece ainda o que terá provocado essas alterações. A análise que vai ser feita com mais detalhe a tecidos fetais e da placenta talvez permita encontrar uma resposta.

Deixe um Comentário: